Conecte-se Conosco

Brasil

Youtuber britânico faz ‘turismo’ em favela do RJ e mostra atuação do tráfico

Timmy Karter mostrou abertamente a venda de maconha, cocaína e lança-perfume

Publicado

em

Youtuber britânico faz ‘turismo’ em favela do RJ e mostra atuação do tráfico

Youtuber britânico faz ‘turismo’ em favela do RJ e mostra atuação do tráfico. O youtuber britânico Timmy Karter, com mais de 130 mil inscritos em seu canal, fez uma espécie de “turismo” numa favela do Rio de Janeiro. O vídeo circulou nas redes sociais na quinta-feira 11.

Publicidade

Nas imagens, é possível ver Karter andando na garupa de uma moto. O motorista parece ser morador da favela. Ao se aproximarem das regiões povoadas pelos traficantes, o motoqueiro adverte: “Aqui não pode gravar, chefe”. Em seguida, há um corte no vídeo.

A gravação volta com o youtuber já numa barraca que vende drogas. Uma bandeira com a estampa do Comando Vermelho, maior facção criminosa do Rio de Janeiro, forra uma das “lojas”.

Em certo momento da gravação, Karter se assusta com o baixo preço dos entorpecentes. “No Reino Unido, isso custa US$ 200”, disse o britânico, referindo-se a 3 gramas de cocaína. Na favela, estava US$ 4.

O vídeo mostra que as barracas vendem abertamente maconha, cocaína e lança-perfume. Não há a presença de policiais no local.

A mazela que o youtuber britânico não conhece

Essa cena não é privilégio do Rio de Janeiro. Em 26 de abril, por exemplo, a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação para conter o tráfico internacional de cocaína originada no Peru, na Colômbia e na Bolívia. O destino da droga seriam os Estados das regiões Norte e Nordeste do Brasil.

As medidas judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Federal de Araguaína (TO) e incluem 28 mandados de prisão preventiva e 95 de busca e apreensão. Também determinam a apreensão de 16 aeronaves, sequestro de três propriedades rurais e bloqueio de valores. Segundo a PF, o total de apreensões pode chegar a R$ 300 milhões.

Leia Também: Presidente da Câmara Junior Bola realiza sorteio em celebração ao Dia das Mães.

Foram mobilizados 400 policiais federais, servidores da Agência Nacional de Petróleo e da Agência Nacional de Aviação Civil. Também colaboraram equipes da Polícia Militar dos Estados de Tocantins, do Maranhão e do Piauí.

As investigações tiveram início em novembro de 2020, com a apreensão de 815 quilos de cocaína, na cidade de Tucumã (PA), pela Polícia Militar do Pará.

Publicidade
Continue Lendo
Clique Para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Empresário Emanuel Madaleno é investigado pela AGT por suspeita de evasão fiscal

Publicado

em

O empresário Manoel Madaleno depois de ter vivido uma derrota recente em processo judicial chamou a atenção das autoridades para possíveis irregularidades em sua conduta financeira e nos negócios em que está envolvido.

Publicidade

A notícia foi publicada neste sábado (23), de acordo com fontes confidenciais do Secreto News, Emanuel Madaleno está sendo investigado pelo AGT por alegações graves, incluindo a suspeita de evasão fiscal.

As informações obtidas indicam que Madaleno pode ter se envolvido em práticas ilícitas, tais como a inflação dos custos operacionais, com o intuito de sonegar impostos. Essas alegações sugerem que o empresário teria manipulado os registros financeiros de suas empresas de forma a diminuir os lucros declarados, evitando assim o pagamento dos tributos devidos ao fisco.

A evasão fiscal é uma infração grave e considerada crime em muitos países, pois prejudica a arrecadação de recursos necessários para o funcionamento do Estado e a prestação de serviços públicos à população. Caso as suspeitas sejam comprovadas, Emanuel Madaleno poderá enfrentar consequências legais significativas, incluindo multas elevadas e até mesmo processos criminais.

Além da suspeita de evasão fiscal, o empresário também está sendo investigado por apropriação de bens que não lhe pertencem. Essas alegações indicam que Madaleno teria se apropriado indevidamente de propriedades ou recursos pertencentes a seu irmão doutor Álvaro Sobrinho, o que também configura uma conduta ilegal sujeita a penalidades legais.

É importante ressaltar que a investigação está em andamento e que as acusações contra Emanuel Madaleno são apenas alegações que precisam ser devidamente comprovadas.

A IGAE continuará a conduzir a investigação de maneira imparcial e minuciosa, visando esclarecer todas as questões relacionadas à conduta financeira de Emanuel Madaleno. O desfecho desse processo terá implicações significativas não apenas para o empresário em questão, mas também para a fiscalização e controle das atividades empresariais, bem como para a integridade do sistema tributário em geral.

O Secreto News tudo fez para ouvir Emanuel Madaleno, mais este negou prestar quaisquer declarações ao nosso portal. Com informações do Secreto News/Foto:Reprodução

Publicidade
Continue Lendo

Brasil

FRACASSO: Com arquibancadas vazias 7 de setembro de Brasília já é um dos mais fracos da história; VEJA VÍDEOS

Publicado

em

FRACASSO: Com arquibancadas vazias 7 de setembro de Brasília já é um dos mais fracos da história; VEJA VÍDEOS

Durante a gestão de Jair Bolsonaro, os desfiles de 7 de setembro em Brasília mobilizaram milhares de pessoas de todo o país, para prestigiar o evento, envolto pela atmosfera política. A onda patriótica passou. No desfile que ainda está acontecendo, as ruas de Brasília estão vazias e arquibancadas vagas. ASSISTA

Publicidade

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Publicidade

Em Alta