Conecte-se Conosco

Ipanguaçu

IPANGUAÇU: REMO INICIA GOVERNO COM ZERO TRANSPARÊNCIA.

Publicado

em

IPANGUAÇU: REMO INICIA GOVERNO COM ZERO TRANSPARÊNCIA.

IPANGUAÇU: REMO INICIA GOVERNO COM ZERO TRANSPARÊNCIA. A gestão do prefeito Remo Fonseca, começou na contra mão das anteriores. O gestor municipal vem administrando neste primeiro mês sem nenhum tipo de transparência. Ao tentar acessar o portal da transparência da prefeitura de Ipanguaçu, nos deparamos com a pagina fora do ar.

Publicidade

A lei nº 12.527/2011, ou simplesmente Lei de Acesso à Informação (LAI), regulamenta o direito ao acesso dos cidadãos às informações dos três Poderes da União, Tribunais de Contas, Ministério Público e algumas entidades privadas sem fins lucrativos. Entenda o que é a LAI, seus princípios e como o uso dessa lei pode fortalecer a democracia do nosso país.

IPANGUAÇU: REMO INICIA GOVERNO COM ZERO TRANSPARÊNCIA.
IPANGUAÇU: REMO INICIA GOVERNO COM ZERO TRANSPARÊNCIA.

O que é a Lei de Acesso à Informação?

A Lei de Acesso à Informação (LAI) obriga órgãos e entidades ligados ao poder público a realizar uma gestão transparente da informação, permitindo amplo acesso e divulgação de dados públicos e garantindo sua permanente disponibilidade e integridade.

Leia Também: FERNANDO PEDROZA: HÁ MESES SEM ALIMENTAÇÃO, PORTAL DA TRANSPARÊNCIA OMITE NÚMEROS DE RECEITAS E DESPESAS

O prefeito Remo Fonseca pelo que parece estar indo na contra mão desta lei e poderá ter sérios problemas com a justiça muito em breve. Atenção ministério público, está na hora de dar uma chamada no prefeito de Ipanguaçu, para saber, o porque do portal está fora do ar, tirando o direito constitucional do povo, que é o acesso à informação.

Publicidade

Ipanguaçu

IPANGUAÇU – ROMBO NO ORÇAMENTO DE 2023 CHEGA A MAIS DE R$ 7 MILHÕES DE REAIS.

Publicado

em

A inconsistência orçamentária do município de Ipanguaçú é uma das piores, o município em 2023 gastou mais do que deveria.

Publicidade

As despesas empenhadas até dezembro chegaram a R$ 57 milhões de reais, e a prefeitura só conseguiu pagar R$ R$ 49 milhões de reais, deixando pra trás uma dívida em mais de R$ 7 milhões.

As maiores inconsistências são nos fornecedores e prestadores de serviço que chegam a quase R$ 3 milhões de reais.

O TCE não tolera essas inconsistências orçamentárias e tem punido os gestores nesse quesito

Publicidade
Continue Lendo

Ipanguaçu

IPANGUAÇU: MINISTÉRIO PUBLICO VAI APURRAR IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NO PATAXÓ.

Publicado

em

IPANGUAÇU- MINISTÉRIO PUBLICO VAI APURRAR IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NO PATAXÓ.

IPANGUAÇU: MINISTÉRIO PUBLICO VAI APURRAR IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NO PATAXÓ. Irregularidades no abastecimento de água no município de Pataxó, distrito de Ipanguaçu levaram o Ministério Público a ajuizar ação civil pública contra a prefeitura de Ipanguaçu. Na ação, o promotor de Justiça destaca que foram verificadas constantes e prolongadas interrupções no abastecimento de água no referido distrito.

Publicidade

O ministério público costuma ser muito rigoroso quando o assunto é gasto públicos, mas o prefeito Remo Fonseca insiste em desafiar a justiça, virando as costas para o povo.

O inquérito civil movida pelo ministério publico pode ser acompanhado pela população, por meio do processo nº 04.23.2048.0000090/2023-95.

Leia Também: CARNAÚBAIS, DÍVIDA DA PREFEITURA JÁ ULTRAPASSA OS R$ 6 MILHÕES DE REAIS EM 2023.

Seguiremos acompanhando. Será que o Ministério Público já tem conhecimento que o prefeito Remo já gastou mais de R$ 1 milhão de reais nas ações em água potável?

Enquanto Remo promove uma verdadeira gastança com o dinheiro público, a câmara assiste tudo de braços cruzados, sem esboçar qualquer tipo de reação.

IPANGUAÇU: MINISTÉRIO PUBLICO VAI APURRAR IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NO PATAXÓ.
IPANGUAÇU: MINISTÉRIO PUBLICO VAI APURRAR IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NO PATAXÓ.
IPANGUAÇU: MINISTÉRIO PUBLICO VAI APURRAR IRREGULARIDADES NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA NO PATAXÓ.

Publicidade
Continue Lendo

Ipanguaçu

IPANGUAÇU: GASTOS COM CONTRATADOS JÁ SUPERA R$ 6,5 MILHÕES ESSE ANO, UM MILHÃO A MAIS DO QUE O PERÍODO DO ANO PASSADO.

Publicado

em

Prefeito Remo Fonseca

Os despesas com contratados estão divididas em várias secretarias, as maiores são na educação pela cooperativa com um gasto nesse periodo de janeiro a agosto de 2,6 milhões já na saude a sama, serviços de plantões médicos foi de 877 mil reais e cooperativa da saúde custou 1,6 milhões. a tercerizada Delta levou 1,6 milhões de reais distriubuido em várias secretoaris e os contratos excepeicionais diretos custaram 607 mil reais.

Publicidade

Leia Também: Farra dos combustíveis: Município de Ipanguaçu torra quase R$ 2 milhões de combustível em apenas oito meses.

A pergunta óbvia e mais simples, Quem são, onde estão, quantos são e quanto custa cada um desses profissionais contratados? infelizmente a prefeitura se omite em divulgar a relação dos contratados.

Seguiremos de olhos bem abertos e acompanhando os números de perto.

IPANGUAÇÚ: GASTOS COM CONTRATADOS JÁ SUPERA R$ 6,5 MILHÕES ESSE ANO, UM MILHÃO A MAIS DO QUE O PERÍODO DO ANO PASSADO.
IPANGUAÇÚ: GASTOS COM CONTRATADOS JÁ SUPERA R$ 6,5 MILHÕES ESSE ANO, UM MILHÃO A MAIS DO QUE O PERÍODO DO ANO PASSADO.

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Publicidade

Em Alta