Terça, 17 de Maio de 2022
(84) 98102-5622
Formula 1 Formula 1

F1: Verstappen supera favoritismo da Ferrari e crava pole em Ímola; Mercedes sofre e cai no Q2

Com a presença da corrida sprint, formato do fim de semana muda, com a classificação na sexta, definindo o grid da prova de sábado

22/04/2022 15h41 Atualizada há 4 semanas
Por: Paulinho porto
F1: Verstappen supera favoritismo da Ferrari e crava pole em Ímola; Mercedes sofre e cai no Q2

Com a sprint no sábado, a sexta-feira vira dia de classificação na Fórmula 1. E na sessão que definiu o grid de largada para a primeira corrida do fim de semana, no circuito de Ímola, tivemos bandeira vermelha, chuva e Max Verstappen superando o favoritismo da Ferrari para cravar a pole position, à frente de Charles Leclerc.

Lando Norris foi o terceiro colocado. Completam o top 10: Kevin MagnussenFernando AlonsoDaniel RicciardoSergio PérezValtteri BottasSebastian Vettel e Carlos Sainz. Já a Mercedes seguiu sofrendo com o carro, e teve sua dupla eliminada ainda no Q2, com George Russell em 11º e Lewis Hamilton em 13º. 

No TL1, realizado mais cedo nesta sexta, tivemos uma pista muito molhada e um domínio da Ferrari, com Leclerc na frente com Sainz em segundo e Verstappen em terceiro, mas a mais de 1s3 do monegasco. Quem sofreu mais foi a Mercedes, que teve problemas com porpoising severo, que causou inclusive uma situação inusitada para Russell, com uma haste metálica de fixação do assoalho quebrando devido à vibração

Q1

Com a pista mais seca, vimos estratégias diferentes. Enquanto parte dos pilotos optou por sair já com os pneus macios, outros seguiram com os intermediários, devido às partes mais molhadas da pista e para economizar os compostos vermelhos para depois.

Com 12 minutos no relógio, uma primeira bandeira vermelha. A transmissão mostrou o freio traseiro direito da Williams de Albon pegando fogo e levando seu pneu a estourar. Mesmo assim, o tailandês conseguiu voltar aos boxes, mas deixando muito detrito para trás.

Após a retomada da sessão, depois de uma pausa de cerca de 15 minutos, ficou claro que os pneus macios seriam a aposta ideal, com os pilotos de compostos vermelhos superando os tempos feitos de intermediários.

No final, Leclerc foi o mais rápido no Q1, com 01min18s796, 0s499 à frente de Verstappen, com Sainz em terceiro, a 0s509. Zhou e Pérez foram quarto e quinto, enquanto Ricciardo, Magnussen, Norris, Alonso e Stroll fecharam o top 10, enquanto Russell foi o 12º e Hamilton o 15º, a 1s6 do tempo do monegasco.

 

Foram eliminados, garantindo as posições de 16º a 20º no grid de largada da sprint: Yuki Tsunoda, Pierre Gasly, Nicholas Latifi, Esteban Ocon e Alex Albon.

Q2

Com os engenheiros alertando os pilotos que a chuva poderia chegar a qualquer minuto, ninguém perdeu tempo nos boxes, buscando marcar pelo menos uma volta rápida com os pneus slick.

Mas antes da chuva chegar, mais uma bandeira vermelha. Sainz perdeu o controle do carro e foi parar na barreira de proteção no segundo setor, logo após fazer o segundo melhor tempo do Q2 com 5 minutos. Neste momento, Verstappen liderava com 01min18s793, com Sainz a 0s197. Norris, Pérez e Leclerc fechavam o top 5.

A pista foi liberada novamente com mais de 9 minutos ainda no relógio, mas com a chuva já de volta. Por isso, ninguém saiu dos boxes para fazer volta rápida, evitando criar maiores problemas para as equipes em caso de batidas. Quem saiu, fez apenas voltas de instalação para entender as condições.

No final, a chuva impediu que os pilotos melhorassem seus tempos. Com isso, Verstappen terminou na frente com 01min18s793, 0s197 à frente de Sainz, com Norris em terceiro, a 0s501, Pérez em quarto, a 0s503 e Leclerc fechando o top 5 a mais de sete décimos. Alonso, Magnussen, Vettel, Ricciardo e Bottas completaram o top 10.

Foram eliminados, garantindo as posições de 11º a 15º no grid de largada da sprint: George Russell, Mick Schumacher, Lewis Hamilton, Zhou Guanyu e Lance Stroll.

Q3

Após um pequeno atraso, a pista foi liberada para os últimos dez minutos, com as condições já bem adversas. Além do forte spray que se formava, alguns pilotos como Verstappen já escapavam da pista.

E não demorou muito para termos a terceira bandeira vermelha da sessão. Agora foi a vez de Magnussen, que perdeu o controle do carro e acabou escapando na Acqua Minerali. Com a sorte de não bater no muro, ele conseguiu sair sozinho, abreviando a duração da bandeira.

A sessão foi reiniciada com nove minutos ainda no relógio, e todo mundo já foi para a pista. Mas a felicidade durou pouco, com uma nova bandeira vermelha com 02min58s ainda no relógio, devido a uma quebra de Bottas com a Alfa Romeo.

No final, Max Verstappen conseguiu superar o favoritismo da Ferrari para cravar a pole position, com 01min27s999, mesmo tirando o pé no último setor por conta de Bottas. Charles Leclerc acabou em segundo, 0s779 atrás.

Lando Norris foi o terceiro colocado. Completaram o top 10: Kevin Magnussen, Fernando Alonso, Daniel Ricciardo, Sergio Pérez, Valtteri Bottas, Sebastian Vettel e Carlos Sainz.

A Fórmula 1 volta à pista de Ímola no sábado, para o segundo treino livre para o GP da Emilia Romagna. A sessão está marcada para 07h30, horário de Brasília, com transmissão do Bandsports e da F1TV Pro. E anote aí: assim que acabar a corrida sprint, tem Q4 ao vivo no canal do Motorsport.com no YouTube, analisando a primeira prova do fim de semana. Não perca!

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Esporte local
Sobre Esporte local
Tudo sobre o esporte local em um só lugar!
Pendências - RN
Atualizado às 08h12 - Fonte: Climatempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 33°

31° Sensação
27.1 km/h Vento
68.4% Umidade do ar
90% (7mm) Chance de chuva
Amanhã (18/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol e Chuva
Quinta (19/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol e Chuva