Segunda, 12 de Abril de 2021 09:19
(84) 98102-5622
Cidades Macau

ESCÂNDALO. DOCE PECADO RECEBEU DUAS VEZES PARA TOCAR NO MESMO LUGAR. 143 MIL REAIS FOI O PREÇO DO PECADO AMARGO.

Um dos canais para roubar o dinheiro público era a realização de eventos.

14/03/2021 08h57 Atualizada há 4 semanas
278
Por: Paulinho porto
ESCÂNDALO. DOCE PECADO RECEBEU DUAS VEZES PARA TOCAR NO MESMO LUGAR. 143 MIL REAIS FOI O PREÇO DO PECADO AMARGO.
ESCÂNDALO. DOCE PECADO RECEBEU DUAS VEZES PARA TOCAR NO MESMO LUGAR. 143 MIL REAIS FOI O PREÇO DO PECADO AMARGO.

A Prefeitura de Macau foi o palco de grandes esquemas de corrupção no passado recente. Um dos canais para roubar o dinheiro público era a realização de eventos.

Em pesquisas feitas no Portal da Transparência, já ficou constatado que a banda Doce Pecado, cujo proprietário é Jair Rodrigo da Silva, que tem os bens bloqueados por envolvimento na Operação Máscara Negra, tocou em um evento da Prefeitura por 800 reais. Em outro evento, no mesmo lugar, para a mesma Prefeitura, recebeu 13 mil reais.

O problema agora é ainda mais sério. De acordo com o Portal da Transparência, sob o empenho de número 2015NE105003, do dia 05 de janeiro de 2015, Jair Rodrigo da Silva recebeu 13 mil reais: “Referente a apresentação de Show Musical para realização de uma tocada dia 31/12/2014 e 01/01/2015 nas festividades do Reveillon 2014 na Praia de Camapum, Macau/RN, com a banda musical “DOCE PECADO”. O valor foi pago no dia 28 de janeiro de 2015.

Ocorre que, para o mesmo evento, na mesma data, no mesmo local, a mesma banda recebeu novamente pelo mesmo show. Dessa vez, o valor foi 130 mil reais. Isso mesmo. 130 mil reais. De acordo com o Portal da Transparência, o empenho número 2015NE109002 de 09 de janeiro de 2015, a empresa DE NOVO EMPREENDIMENTOS ARTÍSTICOS LTDA, recebeu R$ 130.000,00 “Referente a apresentação de show musical para realização de 01 (uma) tocada dia 31/12/2014 e 01/01/2015 nas festividades do REVEILLON 2014 na Praia de Camapum, Macau/RN, com a Banda Musical ‘Doce Pecado’”.

Ou seja: Doce Pecado recebeu duas vezes pelo mesmo evento. Com um detalhe: a primeira tocata, de 13 mil reais, foi em nome da Jair Rodrigo da Silva. A segunda, de 130 mil reais, foi em nome de uma empresa da Bahia. A soma das duas notas dá 143 mil reais. Quem realmente recebeu esse dinheiro?

Tudo cheirando muito mal. O Ministério Público já havia investigado shows musicais nos carnavais de Macau e encontrou superfaturamento em tudo. Pode ser que não tenha observado essa situação da mesma banda receber duas vezes, em valores expressivos, pelo mesmo evento. Esse pecado já não é mais doce faz tempo. O pecado está muito amargo. E vai azedar a vida de quem se meteu nessa encrenca. Essa é a pequena ponta do iceberg pecador.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Macau - RN

Macau - Rio Grande do Norte

Sobre o município
Macau é um município brasileiro no estado do Rio Grande do Norte, localizado no Polo Costa Branca. De acordo com o IBGE, no ano 2020 sua população era estimada em 32.039 habitantes.
Pendências - RN
Atualizado às 09h00 - Fonte: Climatempo
30°
Poucas nuvens

Mín. 24° Máx. 36°

34° Sensação
24.5 km/h Vento
70.1% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (13/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quarta (14/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.