Noticias de Pendências e Região

Uma gestão sem rumo e sem prumo: gestão Hélio Miranda descartava remédios

Uma gestão sem rumo e sem prumo: gestão Hélio Miranda descartava remédios
Uma gestão sem rumo e sem prumo: gestão Hélio Miranda descartava remédios

Uma gestão sem rumo e sem prumo: gestão Hélio Miranda descartava remédios, Que Guamaré é uma cidade que arrecada muito dinheiro todo mundo já sabe.

Que Hélio e seu grupo já administraram desde que assumiu o comando da cidade, cerca de 1,4 BILHÕES de reais, todos já sabem.

O que pouca gente (ou quase ninguém) sabe é pra onde, de fato, foi este dinheiro.

Com esta matéria porém, poderão saber ao menos o destino de uma pequena fração do abundante dinheiro que passou pelas mãos de Hélio e o PMDB, durante esses últimos anos: O lixo.

Isso mesmo, o lixo.

Segundo denúncia recebida pelo Portal Macauense, a Secretaria de Saúde de Guamaré no período em que era administrada pelo atual candidato a Prefeito da cidade Adriano, comprava medicamentos (bancados exclusivamente por você contribuinte que lê esta matéria) e depois os descartava no lixo.

 

Nas fotos recebidas pelo Portal Macauense, é possível observar que os remédios possuem etiquetas do Município de Guamaré e inclusive o número do pedido, que pode ser comprovado em caso de investigação.

Segundo a denuncia, os medicamentos foram descartados num terreno baldio, próximo à cidade de Macau e se encontram de posse do Ministério Público, que irá investigar o fato e apurar as circunstâncias e os envolvidos.

 

É importante mencionar que de acordo com a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998 a prática se configura como crime ambiental com pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa.

Já sobre as razões que levaram ao descarte dos medicamentos os principais questionamentos que ficam é:

Quanto o secretário de saúde Adriano e o Ex-Prefeito Hélio de Miranda pagaram por esses medicamentos?

Eles foram comprados com o prazo de validade já vencidos e descartados de imediato ou venceram depois?

Porque foram descartados assim, longe dos olhos da população e de forma irregular?

 

Porque havia tanto desperdício de dinheiro público na gestão de Hélio e Adriano enquanto há tanta coisa pendente e causas mais urgentes em Guamaré?

Essas são perguntas que o cidadão guamareense quer saber e o MPRN também.

Nossa redação foi pega de surpresa com essas informações que nos foram repassadas pelo portal Macauense do meu amigo Alderir Tavares, onde mostra a verdadeira face do ex-prefeito cassado Helio Miranda, e podemos ter a conclusão que a cidade de Guamaré tinha uma administração sem rumo e sem prumo, onde medicamentos que são comprados com o dinheiro da população carente de Guamaré foram simplesmente jogado fora, agora a pergunta que não quer calar, é essa a gestão que desejar continuar governar Guamaré?, tirem suas próprias conclusões.
você pode gostar também
Loading...